8

Sem medo da panela de pressão- Feijão básico

Tem gente que não come feijão em casa ou porque não sabe fazer ou porque tem medo da panela de pressão. Na época em que eu trabalhava dando aulas de cozinha, uma das aulas mais lotadas era a “Tudo na panela de pressão”.  Essa panela é segura, desde que tenha uma manutenção regular. O cuidado começa na hora da compra. Observe se a panela tem o selo do IMETRO, isso garante   que ela passou por testes antes de ir para as prateleiras. Outro cuidado, extremamente importante, é o de não ultrapassar a capacidade da panela que é de 2/3 do volume total (deixando espaço para a pressão, para o alimento crescer quando cozinhar e também evitando que algum pedaço de comida encoste na válvula de segurança). Fogo alto não acelera o processo de cocção. Você pode deixar o fogo alto até que a válvula de segurança comece a fazer barulho(o que indica pressão no interior da panela) após esse período, você vai apenas desperdiçar gás. Após todo o uso, lave bem sua panela checando se não há restos de alimentos na tampa que possam entupir as válvulas de segurança. Para tirar a pressão, basta colocar a sua panela debaixo da torneira e levantar a válvula(se estiver com pressa) ou esper que toda a pressão saia naturalmente. As panelas de pressão mais modernas possuem um pino que ao ser mudado de posição, libera a pressão sem a necessidade de ficar segurando a válvula levantada ou em água corrente.  Em casa, eu e o meu marido porcionamos o nosso feijão em formas de gelo. O que facilita descongelar somente o que vamos comer, pois cada cubo equivale a uma colher de sopa. Assim, sempre tenho congelado várias leguminosas cozidas(feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja) e posso variar durante a semana. Para um feijão básico, que rende duas formas de gelo(hahahaha, muito engraçado medir assim) eu uso:
Receita Básica de feijão
1 xícara de feijão ou outra leguminosa(de molho por pelo menos 12 horas)
4 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de alho triturado
1 cebola processada
3 folhas de louro
300g de abóbora japonesa bem picadinha(pode ser cenoura, chuchu, batata, inhame, etc)-opcional
1 xícara de cheiro verde- opcional
Sal
Em uma panela de pressão, cozinhe o feijão por 30 minutos. Em uma frigideira, aqueça o azeite e refogue a cebola, o alho e o louro, adicione os legumes e refogue mais um pouco. Coloque o feijão e acerte o sal. Ferva um pouco mais para encorpar o caldo e cozinhar os legumes (cerca de 10 minutos),  salpique o cheiro verde e sirva.
Bon appetit!!!

Thais Freire

8 Comments

    • Eu congelo nas forminhas e depois guardo em saquinho. Assim, sempre tenho feijões diversos, ervilha, lentilha… na porção certa para servir. Um cubo são duas colheres de sopa :-) beijinho

    • eu uso o feijao em formas de gelo porque ja fica no tamanho da porcao recomendada. 1 colher de sopa. se a familia fosse maior, eu usaria na tapperware. beijinho

  1. Thata, seu blog ‘e incrível. Tenho uma sugestão: porque você não grava vídeos e complementa com o texto. Pra quem não tem nenhuma noção de cozinha (como eu) ver as imagens de um vide (você fazendo ali ao vivo) tem um valor muito maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *